terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Meu amor aflora



 Na primavera meu corpo aflora
É um sentimento quase que juvenil
O perfume das flores embriaga
Todo abraço primaveril

No verão o corpo esquenta
O desejo chega muito "aloprado"
Beijos que mexem o libido
É num rolar de desejos que amoitam

No outono já um pouquinho frio
Aquecemos numa fogueira
O desejos vêm de dentro 
Dos nossos corpos, as entranhas

No inverno já estamos casados
O amor aflora dentro do quarto
Com o o ar condicionado(quente)
Aquecendo nossos corpos

8 comentários:

  1. Lindo quando o amor está presente em todas estações! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Adorei ;))
    Bom dia

    Hoje:- Saudade, com cor e presença.
    .
    Bjos
    Óptima quarta-feira

    ResponderExcluir
  3. Que lindo poema, muito expressivo. Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Que delicia de poetar Dorli!
    É muito bom estar juntinho do amado,seja em qualquer estação é sempre caliente.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Dorli!

    Excelente poema, onde o amor é analisado, poeticamente, segundo as estações.

    Não desanime! A vida vale sempre a pena. As melhoras.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Um quadro pintado de poesia. Gostei.
    Abraço

    ResponderExcluir